16 de setembro de 2009

Insônia

Não dormi direito na segunda-feira.
Sempre detesto começo de semana, muitas expectativas, muitas frustrações ainda por vir. Rolava na cama, que nunca tinha me parecido tão desconfortavelmente grande - e fria. Confrontava o celular sabendo que ele levava a pior, inerte, desligado. Eu mesma o havia feito. Então eu não deveria estar contente por não poder atendê-lo? Afinal, eu não podia me permitir perder mais uma noite de sono esperando uma simples ligação. Não, essa ligação simplesmente não existiria. Ou pelo menos, se existisse, eu não saberia. E não doeria tanto.
Ah, a minúscula linha entre o amar e o odiar. É pior ainda quando você não quer atravessá-la.


Aquela que vos fala implora que alguém a ajude a entender que NENHUM vício é saudável. Principalmente pessoas.

7 arranhões:

Thalisson Teixeira disse...

realmente, começo de semana pe muito complicadoooo.... principalmente na facul...

Keisy Oliveira C. disse...

Segundas poderiam ser melhor não é não? :o Mas nada como um dia após o outro...

Yoshi disse...

Se tem medo de atravessa-la, apena a ignore. tem funcionado bem comigo XD

Luanne de Cássia disse...

A pior parte é não conseguir querer atravessar essa linha :(
amei o texto, me identifiquei
estou te seguindo
bjo

Anelise disse...

OMG!
Essa tênua linha entre o Amor e o Ódio, sei bem com é estar nela, ja estive umas 2 ou 3 vezes.
Ao mesmo tempo que vc tem vontade de matar a pessoa, como que num passe de mágica fazê-la sumir vc tem vontade de correr pro abraço...
Não tenho nenhum conselho, pq só o tempo (muito tempo mesmo) me fez atravessar essa linha, sendo assim, BOA SORTE.

BeijoKa

Rui disse...

Quando se entende que tudo passa - coisas boas e ruins - começamos a levar a vida de forma mais tranquila.
Não caimos no vício de amar de forma irracional ou de odiar de forma desesperada.
Tudo passa...
Se foi, foi, senao, tudo bem
a vida continua
e o nosso estado de ser é o que importa!!!

Carlos disse...

Muito good! *-*